sábado, agosto 20, 2011

O Jardim...

 é o maior.
Quando a coisa corre bem pede a independência da região, quando os credores batem à porta começa a gritar pelo dinheiro.
Continuo a achar que deviam reduzir a dose de poncha nos comícios.

2 comentários:

David J. Pereira disse...

Boas!

Devo dizer que gosto imenso deste blogue!

Podem adicionar os meus aos vossos links? Eu prometo que retribuo :p

http://davidjosepereira.blogspot.com/

Saudosos cumprimentos!

Motonauta disse...

Os que há bem pouco tempo estavam no poleiro eram vermelhinhos: havia que dizer mal, pedir a independência da região.
Os que agora lá estão no poleiro são laranjinhas: há que gritar pelo dinheiro.
É simples de entender, parece-me. É conforme toca a música. Assim é que vê o grande carácter da pessoa.