quarta-feira, outubro 18, 2006

Memórias













7 comentários:

Semolina disse...

:)

Nuno disse...

Nem sei que te diga...
Só tive com o Super cão duas vezes, uma delas fui passear com ele, e...
Estou triste por dentro.

Abraço.

João Franco disse...

Há cerca de um ano coloquei no meu gabinete uma fotografia do Sebastião com a seguinte legenda: "Quanto mais conheço os Homens mais gosto do Sebastião".
Adaptei uma máxima de alguém, porque também eu tenho muitas queixas do Homem, no sentido lato do termo. Pretendi desta forma alertar os meus colegas para a falta de camaradagem que por vezes demonstram. O Sebastião foi o único amigo que nunca me "mordeu a mão".Mesmo nas brincadeiras, quando me abocanhava, era com ternura.
Ficámos todos em estado de choque com o acontecimento, tudo tão rápido, ninguém estava à espera. Se serve de consolo, deixa-me dizer-te que partiu sem sofrer, porque o ataque foi fulminante. Agora, o tempo irá sarar a ferida, e o Sebastião ficará para sempre nas nossas memórias, como um amigo com quem desfrutámos momentos de muita satisfação. Para ti, a nossa solidariedade neste momento de dor. Bjs.

Joaninha disse...

É um momento de tristeza que só tu e quem lidou de perto com o Sebastião compreenderá verdadeiramente. Espero que consigas superar toda a dor da perda em pouco tempo e que a tal frase deixe de te fazer sofrer com a intensidade que agora o consegue...

Um beijinho de ânimo*

MartuXa disse...

Um beijo Tiago!

Anónimo disse...

Não sei que dizer, não sei que escrever.
A Mãe disse-me ontem ao fim da noite. As palavras dela, mais pareciam mostrar a fotografia do Sebastião, lingua estendida, prrocurando a mão amiga para lhe acariciar o pêlo, do que a fria e nunca esperada frase.
Sei o quanto gostas do Sebastião, sei tb o quanto ele gosta de ti.
Fico a pensar por onde é que ele andará, a que horas vai voltar ...
Um beijo
Lau

Anónimo disse...

Bem, cá estou a comentar algo que nunca imaginei comentar...
A chorar baba e ranho pelo nosso Sebastião, eu que nunca o deixava aproximar-se para ele não se babar todo para cima de mim...sim porque a baba era sempre gigante e nanhosa...mas apesar disso voces sabem bem que eu adorava o Sebastian...
Quero por isso deixar um beijinho enorme ao Sebastiao, apesar de nao nos termos visto muito ultimamente...
Tiago e Xana nunca me vou esquecer dos momentos passados com ele, nos fds que faziamos, nos xixis feitos no corredor da faculdade desde que o trouxeram para as nossas vidas, na vossa casa...a pachorriche de nao correr atras de cadela nenhuma alias de coisa nenhuma..da sua desobediencia constante, do seu olhar...de tudo, até sempre ...
só quando se perde se dá o devido valor a alguém...com o Sebastião não é diferente...
xaninha