sábado, março 28, 2009

A caminho de casa































Finalmente em casa.
Os três.
O mesmo sítio.
As mesmas cores.
O mesmo cheiro.
Hábitos novos.
Antes de mais, em perfeito gu-gu-dá-dá, o Diogo gostaria de agradecer (através de mim que ele não fala na 3a pessoa do singular) as palavras simpáticas que recebeu aqui no blog, via mail ou telefone. Muito e muito obrigado.
Achei que seria interessante informar a família do que têm sido as primeiras 24h do novo inquilino aqui em casa.
Mijar.
Essencialmente isso.
Sabiam que os bébés mijavam para cima?
Pois, eu também não.
Entretanto arranjei um escafandro...
As fraldas são feitas para suecos e estou convencido de que algumas me servem. O mesmo é dizer que cada gota escorre pela perna ou pela barriga (depende sempre da orientacão no momento do esguicho) e por isso, em menos 24h, já vai na 5a camisola. Há menos actividade num desfile da Fátima Lopes.
Não comprámos assim tantos números pequenos e se lhe aperto mais a fralda ainda saltam os olhos, por isso, venha de lá esse rio e depois usas uma t-shirt minha.
Então e obras de arte?
Os intestinos estão a funcionar bem?, perguntam os médicos.
Bem?
A sobreposicão de postas é tal que o cubismo passou a ter uma nova expressão. Picasso ficaria impressionado.
Fora isto é comer e dormir. E não chora. Muito.
Só quando nos quer avisar "pessoal, já ia ao tacho!".
Fora isso é um doce.
As bochechas, herdadas da mãe, dão-lhe aquele ar de "posso apertar?" e honestamente deixam-me um pouco a derreter.
Nos momentos em que estou só vou tendo algum contacto com a realidade. Ainda não acredito bem em tudo isto.
Os dois, aqui, sós.
De repente um terceiro elemento.
O nosso filho.
Alguém para cuidar, respeitar, amar e sorrir.
Alguém que será uma continuacão de nós. Aconteca o que acontecer.
Este puto faz-me tremer.
Parece ser tanta areia para aquela que consigo carregar.
Mas está a ser giro.
A verdade é essa, está a ser muito giro.
Ele está bem, é saudável e quando adormece parece que confia em nós para que seguremos o mundo durante o seu repouso.
Apesar da dureza do parto, a Sofia também está a recuperar bem e a entrar confiante no novo papel.
Nestas coisas da mãe Natureza, se dúvidas tivesse, perdia-as na passada segunda-feira. Nós, malta que nasceu com qualquer coisa pendurada, temos uma sorte de louvar aos céus. Ter um filho de parto natural faz a depilacão com cera parecer uma massagem com óleo. Há quem defenda que as mulheres aguentam melhor a dor do que os homens. Lá oportunidades de treino não faltam. Admiracão e respeito.
Vou aproveitar o tempo entre mijadelas para ler o que se passa no mundo.
Então até já.

10 comentários:

fogacho disse...

parabéns!!! e os sonos possíveis ;o))

Rui disse...

Possíveis pensamentos do Diogo nas fotos:

1 - (a assobiar) Mããe, o que tens para almoçar?
2 - Ah, tanto azul bonito! Isso faz-me lembrar uma musica...acho que vou cantarolar para mim antes de adormecer!
"Foi...sem mais nem menos
Que um dia selei...a 125 Azul..."
3 - Porque é que o meu pai insiste em deitar-se na minha cama? bolas!
4 - Deixa-me cá rever o movimento da onda para o jogo de mais logo.
5 - Ahh!, que canseira! Agora vou dormir, depois logo vejo o que vou fazer à noite!
6 - Ò mãe, porque é que o pai tem a mão tão grande?!
7 - Este cadeirão é mesmo confortável!
8 - Doutor Mourinho, leve-me lá para casa que está um frio do caraças!Quero o meu paaaai!!

A expressão assenta na perfeição:

Tiago e Sofia, bem feito! :)

Muita harmonia e sonhos a três,

Rui.

catarina disse...

...
poças...
e ela a dar-lhe na lágrimazinha teimosa. diacho.

[não são só as bochechas que são da mãe. também o é o ar ternurento e pacífico.]

um beijo grande para os 3. com sotaque.


PS: amanhã bou ao dragon comprar os bilhetes pró manchestre! queres que inscreba já o nosso nobo sócio? eu amadrinho...:)

Laureano disse...

Que lindo que ele está.
Podes dizer-lhe no intervalo das "mijadelas" que ele tem uns avós babados, especialmenet na 5ª foto onde ele grita a plenos pulmões: " Sou...Sou...Sou...BENFICAAAAAAAAAAAAAAA
Beijos

Anónimo disse...

estou a gostar muito, de conhecer o membro mais novo da familia,o Diogo....eele e lindo. Bem vindos a vossa casa, sejam felizes os 3. Eu, ganhei mais um primo,fofinho. Gostei de te ver menina,apesar de tudo estas com optimo aspecto. Beijocas, aos 3 Paula, Canada

Carolina disse...

Provavelmente não devia dizer isto, mas a verdade é que normalmente não acho grande piada aos recém-nascidos... Muito enrugados, inchados e roxinhos. Lá para os três, quatro meses, quando começam a ficar mais redondinhos e ganhar outras cores, aí sim, é que ficam fofos!
Mas como não há regra sem excepção, eis que aqui está ela!
O Diogo é lindo!!!
É verdade que tenho a visão condicionada pelo coração, mas vai alguém dizer que o pequerrucho não é um amor?!
No meio disto tudo, apenas uma mágoa: não poder estar convosco, para que as fotos ganhem a dimensão de algo inquantificável: aquele cheirinho que só os bebés têm e que nos deixam completamente inebriados...
Beijos... GRANDEEEEEEEEEEEESSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS...
Carolina.

Inês disse...

Bem Tiago, não sendo sequer conhecida da família, quando mais amiga, adorei ver estas fotos e acompanhar toda a chegada do Diogo :)
Parabéns para ti e para a Sofia :)

Sávio Fernandes disse...

Espero que por aí os babetes também sejam XL. É que estive a olhar com atenção para a foto nº3 e acho que precisas de um.

Agora a sério, gosto de todas as fotos mas a dos 3 está qualquer coisa de fantástica. De tal forma que não me importava nada de ter sido eu a tirá-la para a ter no meu portfólio. (:

Ana disse...

Não passava aqui há tempo demais. Há mais de nove meses ?
O vosso menino é lindo :))))))))))
Parabéns e um abraço aos 3

XicoZé disse...

Bem vindo ao clube das noites mal dormidas!!!

-as miudas não mijam para cima
-nao chora muito agora, daqui a umas semanas vais saber o que são colicas
-felizmente o teu puto tem cabelo de gente ;)

A responsabilidade é enorme! o gozo e prazer que vais ter em estar com ele faz-te passar os melhores momentos da tua vida...
Quando pensávamos que já tinhas vivido tanto...
Daqui a um ano mandas vir uma menina!
Muitas felicidades para os três!!!
Um abraço Xico.