quinta-feira, março 01, 2007

O paralelo 38


Também há emigrantes portugueses no paralelo?

3 comentários:

Florença disse...

A nossa gente espalha-se mais depressa pelo mundo que uma bomba nuclear num armazém de pevides :)

Tiago Franco disse...

eheheheh

ups disse...

De certeza... nao deve haver canto no mundo que nao se encontre um tuga!