segunda-feira, fevereiro 19, 2007

Última hora


"A Comissão Política Regional do PSD/Madeira reúne-se hoje, no Funchal, em sessão extraordinária, seguida de comunicação aos madeirenses em que o presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, poderá anunciar a sua demissão.
Os sociais-democratas madeirenses consideram que as regras do jogo estão desvirtuadas, devido aos cortes financeiros impostos pela nova Lei das Finanças Regionais, ocorridos no meio do mandato 2004/2008. Por isso, o PSD/Madeira - em função do programa que apresentou em 2004 e que agora não pode concretizar devido aos cortes do Orçamento de Estado - poderá anunciar hoje a demissão e provocar eleições regionais antecipadas, que terão de ser convocadas pelo presidente da República, Cavaco Silva. "

in Agência Lusa
Se existir um único Madeirense, entre os 2 e 97 anos, que acredite nisto então o problema tornar-se-á sério. Já vi profissionais de poker fazerem "bluffs" menos descarados.
O dirigentes do PSD-Madeira têm gerido a seu belo prazer os orçamentos enviados pelo governo central, mais em benefício próprio do que na criação de riqueza (refiro-me à riqueza da ilha obviamente..). Enquanto o labrego da foto insultava tudo e todos (contribuintes que lhe pagam o salário incluídos), Guterres e companhia assumiam as dívidas da Região Autónoma. Enquanto proclamava uma zona rica, Alberto João criava dívidas e vendia uma ilusão. Agora, com um orçamento mais reduzido e sem ter como alimentar os "lobbies" que o suportam, vira-se para o último recurso do político: o bluff.
Neste caso o bluff da vitimização utilizado até à exaustão pelo menino-guerreiro-Lopes. Se o governo central tiver juízo não cederá a pressões e A. João terá que ir novamente a eleições. Claro que ganhará, porque os habitantes da Madeira estão presos numa enorme teia de favores (ou gostam de Ditaduras Cor-de-Rosa...) e certamente usará a "força popular" para se promover, mas passada a festa e os litros de poncha que tanto gosta, terá que se desenrascar com menos dinheiro. Em suma, terá que gerir e fazer menos disparates, coisa para a qual não é minimamente dotado. Pode ser que nessa altura os Madeirenses percebam o que toda a gente já viu das Fiji até ao Corvo.
Sócrates, não te encolhas!!

1 comentário:

Semolina disse...

Este é outro que bem podia ficar senil e a babar-se... Já não há paciência para as bacoradas deste homem...