sexta-feira, janeiro 19, 2007

O mesmo nabo visto por outros

Andava a passear pelo vodka-atónito quando percebi que não estava só:

...

"Vamos começar com uma citação de um velho conhecido nosso:
"Começa a ser caricata a guerra entre Ana Gomes e Luis Amado sobre os voos da CIA, como se daí surgisse um grande espanto nacional ou um imenso escândalo internacional. Aviões alugados pela CIA passaram pela Base das Lajes e outros aeroportos nacionais? Obviamente que sim, como eventualmente todos os dias passam por muitos países europeus. Levavam prisioneiros para Guantanamo ou outros locais? Vá lá saber-se, mas olhar e analisar a História em retrospectiva é sempre um exercício ridículo e perda de tempo e dinheiro. Convém ter os pés assentes na terra, por poucas vezes que seja: a CIA não é propriamente uma polícia política de uma ditadura, sem controlo nem vigilância dos poderes instituídos e constitucionais da democracia mais estabilizada do mundo. Será que não temos mais nada que fazer?",

pergunta-nos Luis Delgado, na sua diatribe semanal no DN, entre outros disparates do mesmo quilate (o senhor desta vez estava inspirado, parecia mesmo como nos bons velhos tempos). Gostei particularmente da frase "olhar e analisar a História em retrospectiva é sempre um exercício ridículo e perda de tempo e dinheiro". De facto, como todos sabemos, deve-se analisar a História entrando numa máquina do tempo e dirigindo-nos para o futuro."

in Vodka-Atónito
...
Brilhante!
Refiro-me à malta do Vodka-Atónito.

2 comentários:

Rosa disse...

O Luís Delgado, essa grande figura nacional... Olha, now that you mentioned it, ele é capaz de me dar ainda mais vontade de rir que os comentários e atitudes da Igreja.

rubio disse...

Luis Delgado.....¿Menos antiamericano que Leopoldo Torres)