terça-feira, janeiro 20, 2009

In Bruges


Colin Farrell numa interpretacão brilhante.
"In Bruges" é um filme, à falta de melhor adjectivo, esquisito.
Brilhantemente esquisito.
As primeiras palavras deixam-nos a pensar que é uma comédia.
As segundas já nos baralham com o drama.
Ao fim de algum tempo percebemos que é um misto.
Um fotografia lindíssima (Bruges já está na lista!), um argumento "diferente" qb e alguns registos fabulosos, de entre os quais destaco C. Farrell, longe dos papéis de menino bonito que mata todos. Um assassino arrependido, sem o mínimo interesse cultural, com uma fixacão por anões e acompanhado por um sotaque irlandês (que imagino ser o seu sotaque original...) que condimenta muito bem a figura.
A não perder.