terça-feira, janeiro 30, 2007

Até já

Cape North (Noruega)





Fim da 1ª etapa em terras escandinavas. Ou pelo menos é esse o sentimento que domina.
Ontem fechei o projecto que me trouxe até aqui. Amanhã começo outro. Numa cidade diferente, noutra empresa e sobretudo com novos colegas.
Esta última parte (a humana) é a que me pesa em tempo de mudança. Trabalhar por projectos torna os "saltos" mais frequentes e quase parte do quotidiano. Confesso que nunca tinha pensado nisso como uma parte deste todo.
Não gosto. Decididamente não gosto da mudança. Sinto-me bem com desafio novos, gosto de conhecer pessoas mas não me quero despedir delas.
Nunca tive jeito para despedidas.
Mesmo sabendo que podem ser definitivas, na minha cabeça tudo não passa de um claro "até já".
A integração nunca foi um problema para mim. Já o dizer adeus...ui,ui!
Tenho tido a sorte (acho eu) de trabalhar em sítios com muita gente. O meu anterior departamento tinha 50 pessoas (mais coisa menos coisa) e o actual deveria rondar as 30. Ora, para alguém como eu, isto significa que vou gostar muito de alguns, dar-me bem com a maioria e não suportar 3 ou 4. É esta a média...
Ontem despedi-me dos meus primeiros colegas suecos, cuja simpatia e ajuda ao longo deste ano foram um contra-exemplo para o mítico "frio nórdico". Graças a eles a vontade de continuar a trabalhar por estes lados não arrefeceu, bem pelo contrário.
Bolo (nada se faz aqui sem um bolo!), prendas e um "até já".
O local de trabalho acaba por ser o sítio onde passamos maior parte do nosso tempo activo (válido para todos excepto: sindicalistas, deputados e vereadores casados com a B. Guimarães) e como tal, o bom ambiente torna-se uma necessidade básica para a sanidade mental.
De uma forma geral acho que fazer um amigo no meio profissional, nos dias que correm, é um verdadeiro luxo. Confirmo a minha sorte.
Ainda hoje manifesto saudades a alguns dos colegas que deixei em Portugal e cujos ossos tento mais ou menos rever nos regressos ao "cantinho".
Amanhã começa tudo de novo. Novas pessoas, novas histórias, novos detalhes.
Veremos.

5 comentários:

Anónimo disse...

Boa sorte!!!

Tiago Franco disse...

Gosto sempre de um "boa sorte" anónimo :)

marília disse...

Felicidades! Que tudo corra pelo melhor, e que neste novo local de trabalho consigam, pelo menos, pronunciar o teu nome correctamente ;)

Anónimo disse...

ok... eu rendo-me, fui eu que desejei boa sorte.

Não me conheçes mas venho quase todos os dias, desde há uns meses para cá...ver o teu blog... gosto da maneira como escreves. Só hoje é que resolvi escrever qq coisa...

Agora devidamente identificado... aqui vai... Boa sorte!!! ;)

Daniela

Florença disse...

Não há nada como uma boa mudança para nos agitar os sentimentos ;)

Vais ver que vai tudo correr bem. Boa sorte, miúdo.