terça-feira, janeiro 23, 2007

2 dias depois...

Esta semana começaram as obras aqui em casa (e no resto do prédio) de renovação da casa de banho.
6 semanas. 6 longas semanas obrigado a recorrer ao "yellow submarine".
A empresa de construção instalou um contentor (amarelo) na rua onde todos podemos tomar a bela banhoca. Se estivesse nos Barbados provavelmente levantar-me-ia e de chinelos, calções e toalha no ombro faria tão agradável tarefa com um sorriso nos lábios. Aqui nem tanto.
6 da manhã, noite bem alta e neve a cair e tudo o que não quero ver é o "yellow submarine".
A alternativa é o sempre amigo dodot ou puro e simplesmente nada. Não, também não me parece. Vamos ao "yellow submarine" então.
Tempo contado para o comboio e a água não apareceu. "Ah e tal está frio e por isso congelei nos canos", disse. Caracóis ao alto, olhos de chinês e a coçadela no cocoruto: "E agora?"
Corre para aqui, corre para ali e nada. Com a natureza não se brinca e não havia negociação que acabasse aquela greve. Esperei, esperei, esperei.
Já mais tarde e com a ajuda do Sol arranjei umas estalactites caídas do chuveiro que me permitiram recuperar aquela sensação de "ahhhhhhhh".
Tarde de mais. Já o comboio tinha partido. E o outro e o outro...
Pensei: "Que se lixe, trabalho a partir de casa!". O que também foi uma bonita ideia.
Ao fim de 4h de martelo pneumático a ecoar-me nos ouvidos entra aqui um gajo que diz: "Vai ficar em casa? É que agora é que vamos fazer barulho!" Imaginei o Apocalipse ou a implosão do prédio. Fora isso não estava a ver como é que podiam fazer mais chinfrim.
Contudo, há que dizer que nunca vi obras como estas. A companhia encarregou-se de forrar todo o chão da casa e levantar "paredes de plástico" para que as restantes divisões não fiquem com muito pó. Fiquei impressionado. Façam barulho por favor!
Toda a manhã nevou e a cidade apresenta-se como um postal escandinavo. A altura de neve é tal que estou indeciso se devo usar o elevador ou atirar-me de trenó pela janela.
Agora que falo nisso...vou dar umas escorregadelas na neve e já volto.
Já bebi 3 canecas de chá e vejo aqui da janela uma moita que está mesmo a pedi-las.

4 comentários:

Sandrinha disse...

Ai Tiago!!
Eu acho que me tinha virado para o Dodot! Chiça!!

Rosa disse...

O meu prédio também está em obras. Muito menos incómodo, é só por fora, e posso continuar a tomar o meu banhinho quente na minha própria casa de banho. Mas tenho andaimes no meu quintal e homens pendurados às minhas janelas sem cortinas (nunca tive necessidade de cortinas!). E sinto-me um bocado prisioneira: tomo banho, saio a correr da casa de banho para o quarto, visto-me e saio de casa o mais rápido possível. É uma sensação de invasão muito estranha. Se ao menso tivesse a neve, para me animar... ;)

Florença disse...

Essa de escorregar pela janela parece-me bem ;)

Hugo disse...

Pensa que podia ser bem pior... podias ter ido trabalhar para o polo norte!!

:-)))